Notícias
Tem problemas de memória? Pode ser culpa do seu peso.
Os cientistas já comprovaram que o peso em excesso pode trazer uma série de problemas no futuro. Quem briga com a balança tem maior risco de desenvolver câncer, doenças cardiovasculares e diabetes, entre outras doenças. Agora, pesquisadores da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, exploram como os quilos extras podem impactar na saúde cerebral. De acordo com um novo estudo, adultos com sobrepeso são mais propensos a ter problemas cognitivos, como de memória. Para chegar aos resultados, os pesquisadores analisaram os dados de 21 000 pessoas com mais de 50 anos de idade. Eles avaliaram informações como IMC (índice de massa corporal), níveis de inflamação, além dos resultados de testes de cognição. As análises ocorreram diversas vezes durante seis anos. O IMC é uma medida do peso em relação à altura, geralmente utilizado para determinar se uma pessoa tem um peso normal, sobrepeso ou obesidade. Considera-se normal o IMC entre 18 e 25 e qualquer número acima disso é classificado como sobrepeso. Já a inflamação foi medida a partir da presença da proteína C-reativa, um marcador de inflamação sistêmica no organismo, no sangue dos participantes. A função cognitiva foi avaliada a partir de testes de memória e de fluência verbal. De acordo com os pesquisadores, houve uma conexão clara entre os três fatores. Conforme o peso aumenta, há um incremento da proteína C-reativa. A mudança nos níveis inflamatórios então foi relacionada a um declínio no funcionamento cerebral — incluindo a memória – dois anos depois.
Fonte:  Revista Veja.com
© 2011 JPC LAB. Todos os direitos reservados.